top of page
Botton40mm.png

BLOG

Encaixada no paraíso

Casa térrea flutua em meio à natureza e privilegia a vista

Menos paredes, mais integração. Alex Santos Rebouças, sócio diretor da PrimeHome Engenharia, Arquitetura e Arte, de Salvador, Bahia, conta como elaborou o projeto dessa residência na ilha de Boipeba, localizada no município da Cairu, litoral baiano, em parceria com o escritório francês DA Architectes. “Os proprietários pediram uma casa térrea que gerasse o mínimo impacto ambiental e fosse completamente incorporada ao relevo e vegetação existente, além de privilegiar as vistas de todos os cômodos e integração na área comum.”


O resultado traz uma grande área aberta de convívio, com vista para o mar, voltada para a piscina de borda infinita, de um lado, e do outro, para a mata. Para o fechamento, possui grandes painéis de vidro de correr. “Eles ficam escondidos, embutidos entre duas paredes. Quando fechados, apenas os trilhos no piso e na laje são perceptíveis.” Outro destaque é todo o contorno da casa, que recebeu varandas frontal, laterais e ao fundo.


Desafios

Em um terreno de 13 mil m², a definição do local da obra foi estratégica para obter as condições de relevo que propiciassem a vista desejada com o menor impacto ambiental.


O módulo principal terá 320 m², sendo um retângulo de 40 x 8 m. “Realizaremos a intervenção no relevo apenas na área de afastamento de 10 m do perímetro da casa, mantendo todo o restante do terreno em seu estado natural.


Estrutura

A casa repousa sobre pilotis “invisíveis”, dando impressão de flutuar. “A varanda do contorno propricia o efeito. Isto é possível pois toda a fundação será recuada, não sendo possível percebê-la.”


A opção por esquadrias de vidro atende ao objetivo de conexão das áreas externa e interna, propiciando a vista do mar e da mata, além do aproveitamento da iluminação natural. As suítes contam, ainda, com esquadrias de madeira tipo camarão, que podem ser manipuladas de acordo com o clima e servem de proteção solar.


A varanda transforma a circulação em um passeio por cenários naturais. Mesmo incorporada à natureza, contará com todo conforto, requinte e segurança necessários. No lazer, a piscina ocupará posição de destaque, como ponto de convívio. Posicionada na frente da casa e da grande área aberta, sua borda infinita contribuirá ainda mais para a vista a partir do living, criando a ilusão de que o mar é a continuidade da mesma.


A estrutura ocupará, aproximadamente, 7 x 7 m, com direito a deque molhado e prainha. Em sua parte mais a frente, terá profundidade de 1,55 m. Será revestida com pastilhas em tom verde-claro e a borda externa ficará oculta sobre painéis de madeira com a água deslizando por detrás.


Projeto: PrimeHome e DA Architectes

Terreno: 13 mil m²

Área construída: 440 m²

Localização: Boipeba, BA


Post retirado da edição 202 da revista Construir, quer conhecer mais?








49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page